Programação

Transmissão ao Vivo – Primeira Feira de Ciências do Departamento de Física – UFV

Banner de divulgação disponível em: Banner – Feira de Ciências – UFV 2021

Dia 07/10/2021 (quinta-feira)

08:00h – Abertura
09:00h – Prof. Jakson M. Fonseca
09:50h – Prof. Silvio C. Ferreira
10:40h – Prof. Alexandre Tadeu

Dia 08/10/2021 (sexta-feira)

08:30h – Profa. Rita Superbi
09:20h – Prof. Oswaldo M. Del Cima
10:10h – Prof. Orlando da Fonseca

10:50h – Encerramento.

Palestras

Prof. Jakson M. Fonseca

Título: Física na UFV: uma carreira com inúmeras possibilidades

Resumo: A graduação em Física na universidade Federal de Viçosa permite ao estudante obter o título de Bacharel em Física ou Licenciado em Física, porém as possibilidades de atuação e vivências profissionais durante e após a graduação são inúmeras. Desde a sala de aula, lecionando no ensino médio ou em cursos superiores, o egresso pode optar por se tornar um pesquisador atuando em centros de pesquisa ou em universidades ou atuar em áreas correlatas como engenharias ou mesmo áreas mais distintas como Física Médica, Economia, Computação, dentre outras. Outra possibilidade é a construção de uma carreira internacional, atuando em centros de pesquisa espalhados pelo mundo. Os ingressantes em Física da UFV poderão também a partir de 2022 optar por uma nova modalidade ligada ao curso de Física, a Engenharia Física onde o estudante obterá o título de Engenheiro Físico e estará apto a seguir uma carreira multidisciplinar podendo atuar em diversas áreas, principalmente aquelas ligadas a tecnologias. Assim será apresentado algumas das possibilidades associadas a graduação em física na UFV.

Prof. Alexandre Tadeu

Título: O ensino da física e a autonomia intelectual dos indivíduos – Experimentos instigando a aprendizagem

Resumo: Utilizando resultados de trabalhos desenvolvidos no âmbito do
Programa de Mestrado em Ensino de Física da UFV, pretendemos discutir
o ensino da Física na abordagem investigativa e suas possíveis
contribuições para a formação do indivíduo intelectualmente autônomo,
tendo a experimentação como elemento instigador da aprendizagem
significativa.

Prof. Silvio C. Ferreira

Título: Os caminhos para a pesquisa e pós-graduação em Física na UFV

Resumo: Nesta palestra vou comentar sobre os caminhos naturais e atalhos que podem ser tomados para desenvolver um projeto de pesquisa e cursar uma pós-graduação em Física na UFV. Irei resumir algumas linhas de pesquisa da UFV e como um estudante do ensino médio pode se conectar com este universo.

Profa. Rita Superbi

Título: A ascensão das mulheres nas ciências exatas

Resumo: As ciências exatas foram, por muito tempo, vistas como uma área majoritariamente masculina. No entanto, em um século em que as mulheres estão em luta pela liberdade de escolha profissional e pelo sucesso e reconhecimento em suas carreiras, vamos contar histórias da ascensão de mulheres nas Ciência Exatas e discutir sobre os vários desafios enfrentados por elas.

Prof. Oswaldo M. Del Cima

Título: “Aventuras, desventuras e desafios de um estudante de Física”

Resumo: Faremos uma viagem na Física através do tempo com direito às aventuras, às desventuras e aos desafios do viajante, um estudante de Física, testemunha dos debates científicos sobre os dois sistemas de Mundo, geocêntrico e heliocêntrico, ocorridos no século XVII, e dos embates negacionistas deste século sobre os três sistemas de “Terra”, plana, convexa e rosca.

Prof. Orlando da Fonseca

Título: Ciência: nossa lanterna contra o obscurantismo

Resumo: Vivemos tempos muito estranhos. Apesar de vivermos em uma sociedade tecnológica, fruto da ciência desenvolvida a partir do século XV, pessoas que usam e dependem dessa ciência, insistem em negá-la para se exibir em mídias sociais ou para defender fundamentalismos de interesses obscuros. A Terra é plana, mas usam os satélites em órbita da Terra esférica para se comunicar. Negam a vacina, mas quando “a coisa fica feia” correm para o hospital em busca da salvação. A negação da ciência é um fenômeno contemporâneo estranho e terá consequências para as pessoas. O futuro é reservado para aqueles que não só a aceitam, mas a compreendem e são capazes de utilizá-la na resolução de problemas. Trabalhos automatizados desaparecerão substituídos por algoritmos e máquinas, permanecendo aqueles que demandarão criatividade e flexibilidade, setores em que os humanos são melhores que algoritmos. A negação e o desinteresse pela ciência levará não apenas ao desemprego, mas à “inimpregabilidade”. Pretendemos apresentar e discutir esses assuntos e a importância da compreensão da ciência – e da forma como é produzida – para as pessoas e a sociedade.

© 2020 Universidade Federal de Viçosa - Todos os Direitos Reservados